Blockchain é Usado para Negociação entre China e Singapura

0

A tecnologia Blockchain foi utilizada numa nova negociação de commodities na Ásia. A Sinochem Energy Technology Co. Ltda. efetuou um carregamento de gasolina da China até Singapura por meio do do chamado smart contract.

De acordo com informações da Reuters, a subsidiária da Sinochem Group já teria efetuado outra negociação utilizando o Blockchain. Em dezembro de 2017, a empesa chinesa teria feito a primeira transação de importação de petróleo bruto através dessa tecnologia.

A empresa afirma que é a primeira vez que o blockchain foi aplicado entre todos os participantes do processo de venda de uma commoditie.

Considerada uma das maiores companhias públicas de petróleo da China, a Sinochem afirmou que a transparência, eficiência, segurança e estabilidade na Blockchain são fatores fundamentais para um bom negócio.

“A padronização e a plataformatização da tecnologia Blockchain permitiram que o comércio da indústria petroquímica chinesa no futuro ajudasse a melhorar a transparência do negócio de transações na indústria petroquímica da China e a melhorar o nível geral de gerenciamento de risco do setor.”

Blockchain e os smart contracts
Outro fator que chamou a atenção da companhia chinesa é a redução de custos na operação dos smart contracts (contratos inteligentes) que ocorrem no Blockchain. “Os conhecimentos de embarque digital e os smart contracts podem melhorar significativamente a eficiência de execução das operações de petróleo bruto, otimizando de 20% a 30 % de custos de financiamento”.

A utilização de smart contracts tem se tornado uma tendência no mundo dos negócios. Em janeiro deste ano, o primeiro comércio agrícola global usando Blockchain foi feito entre os EUA e a China. Nesse negócio, que envolvia cinco empresas diferentes, o contrato de um carregamento de soja ocorreu pela plataforma Blockchain Easy Trading Connect (ETC).

No último mês, o Escritório de Patentes e Marcas dos EUA (USPTO) publicou um pedido de patente do Walmart para um sistema de “Pacote Inteligente” que utilizaria o Blockchain para rastrear o conteúdo das embalagens, as condições ambientais e a localização.

A gigante de varejo chinesa JD.com também estará implementando a tecnologia Blockchain para que os clientes monitorem seus pedidos e garantam a qualidade do produto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here